Michel Temer vai se entregar voluntariamente nesta manhã; ex-presidente voltará para prisão

Educa

O ex-presidente Michel Temer disse a jornalistas na noite de quarta-feira (8) que teve uma “surpresa desagradável” com a decisão do TRF-2 (Tribunal Regional Federal da Segunda Região). A corte reverteu a decisão que concedeu habeas corpus em favor do político e de João Batista Lima Filho, o coronel Lima.

“Eu a considero [a decisão] equivocada sob o ponto de vista jurídico, mas eu amanhã [hoje] me apresento voluntariamente e ao mesmo tempo, já falei com meu advogado, que vai apresentar um habeas corpus ao STJ [Superior Tribunal de Justiça]”, afirmou.

Temer passou a noite com a esposa e a sogra em sua casa na região do Alto de Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Ele deve deixar o local em breve, mas não há confirmação do local que ele pode se entregar. Até antes das 8h, em sua casa havia apenas movimentação de jornalistas, que aguardam a saída do ex-presidente.

Questionado sobre como encarava a decisão, o político do MDB disse: “Encaro com muita lamentação. É uma injustiça e, com a devida venia, é uma ‘injuridicidade’”. Temer lembrou que o relator do processo disse que não há razão para sua prisão preventiva. “Ela deve preencher certos quesitos que não foram preenchidos”, declarou.

Veja íntegra no Metro Jornal

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.