Educa

Livro relembra vida de Euclides Farias através de crônicas

O olhar sensível, observador e atento do jornalista Euclides Farias transposto em crônicas reunidas no livro póstumo “Rir é o melhor corretivo”. O jornalista sonhava em lançar o livro quando completasse 60 anos, mas faleceu alguns meses antes. Contudo, familiares e amigos deram continuidade ao sonho de Euclides.

“Eu era amigo há 30 anos e compadre do Euclides, e antes dele falecer, ele já vinha reunindo as crônicas, e com o livro, aproveitei e fiz um posfácio, que na verdade também é uma crônica, em homenagem a ele”, diz o editor da obra, Iran de Souza.

Segundo ele, não foi trabalho editar o livro, foi uma diversão. “Peguei as crônicas pré-selecionadas pelo Euclides e pela Daniele e fiz um trabalho de consolidação dos textos, apenas adaptei a linguagem, mas quase não tive trabalho algum porque ele escrevia muito bem e textos bem-humorados, então me diverti muito”.

Política, literatura, Carnaval, histórias urbanas, tudo o que fazia parte do universo cultural do jornalista estão presentes nas 130 páginas de “Rir é o melhor corretivo”. Juntas, as crônicas formam um mosaico interessante de pequenas narrativas e deixam o olhar sensível do escritor, atento às injustiças sociais, mas com muito bom humor.

“Sempre li as crônicas do Euclides, ele escrevia e eu estava perto. Lidava com aquele momento com muito humor, e ver essa experiência no livro, tive a sensação de bater um papo com o Euclides. Ameniza a saudade, saber que a história dele está eternizada em um livro.  Foi muito bom para todos nós, familiares”, conta a viúva de Euclides, Daniele Almeida.


Daniele Almeida autografou o livro do marido no lançamento. Foto: Eduardo Rosas

“Rir é o melhor corretivo” estará disponível no mês de junho nas livrarias.

Do Portal Roma News

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: