Pacto pela Inovação do Amapá prevê instalação de Centro de Aceleração de Startups no SENAI

Educa

Macapá – Em evento realizado no Amapá, instituições públicas e privadas estabeleceram o chamado Pacto pela Inovação do Amapá. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) faz parte do grupo, que reúne parlamentares, membros do Governo Estadual e Municipal e instituições que atuam no ramo da Inovação e da Tecnologia local. No encontro foram tratados assuntos como desenvolvimento tecnológico e soluções inovadoras.

Além disso, foram estabelecidas ações, a exemplo do Projeto de Lei 3466/2019, que cria o fundo de financiamento às empresas startups, e foi anunciado a emenda que disponibilizará o valor de R$ 300 mil para a implantação do Centro de Aceleração de Startups. De acordo com as tratativas que se iniciaram na reunião, a unidade do SENAI Santana abrigará o Centro vocacionado à área de biotecnologia, ou seja, startups que trabalham com cadeias produtivas especialmente voltadas para o açaí, o pescado e a castanha.

O diretor de Operações do SENAI, Moisés de Aguiar, ressalta que a união entre instituições representativas dos mais diversos segmentos é fundamental para o desenvolvimento do empreendedorismo inovador. “É indiscutível o fato de que por meio da união nós somos capazes de fazer grandes projetos. A ideia de agregar expertises é fundamental para a consolidação de estratégias que impactam no desenvolvimento do setor de Inovação e Tecnologia do estado”, defendeu Moisés de Aguiar.

Pacto pela Inovação

O objetivo do Pacto Pela Inovação é debater estratégias voltadas ao fortalecimento do ecossistema de inovação do Amapá. O grupo reúne instituições de pesquisa, qualificação, startups e entidades representativas do setor, além do governo municipal e estadual. Por meio da união, os envolvidos pretendem reunir esforços que resultem no apoio à pesquisa, estruturação de espaços de inovação e incentivo às experiências que geram conhecimento, desenvolvimento e oportunidades.

Abertura do Encontro dos Tambores no Amapá

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.