Educa

Nova tarifa de ônibus começa a vigorar nesta quinta-feira

O Diário Oficial Eletrônico do Tribunal de Justiça do Amapá publicou nesta quarta-feira, 14, a decisão tomada na segunda-feira, 12, pela 3ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá que reajustou a tarifa de ônibus de R$ 3,25 para R$ 3,50. O processo tramitava desde fevereiro deste ano. Nele, o Setap pedia o reajuste para R$ 3,90 e a planilha apresentada pelo município considerava uma tarifa de R$ 3,67 como ideal.

Com a publicação, a nova tarifa começa a ser praticada nesta quinta-feira, 15. A medida também atinge a meia-passagem e a tarifa social (cobrada aos domingos e feriados) que passam a ser de R$ 1,75.

Para o Setap, o o reajuste não compensa as perdas dos últimos anos. O último reajuste ocorreu no segundo semestre de 2017, através de um acordo judicial. Desde então, houve cinco reajustes no preço do óleo diesel, três reajustes de salários dos trabalhadores rodoviários, sem falar nas perdas inflacionárias e nos investimentos que foram feitos pelas empresas.

Desde 2013, 170 novos ônibus passaram a fazer parte da frota de Macapá. A renovação representa 90% da frota atual, que atualmente é de 189 veículos. A idade média da frota atual é uma das menores do Brasil e bem abaixo da média nacional. 4,74 anos.

Houve ampliação no número de linhas, que era pouco mais de 20 e hoje chega a 36 e no número de viagens ao dia, que é de 1.378, considerando os dias úteis. Em termos de investimento, a partir de parcerias público-privadas, foram construídos pelas empresas de ônibus 50 novos abrigos desde 2013, e reformados cinco terminais: Brasil Novo, Marabaixo, Açucena, Congós e Zerão.

Mesmo com tantos investimentos, Macapá tem a tarifa de ônibus mais defasada dentre todas as capitais brasileiras.

Ascom/Setap

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: