Educa

Tem Roda de Bandaia neste domingo, na beira do rio Amazonas com a participação de Adelson Preto

Com quatro anos de estrada, fazendo a saia girar e o corpo suar, a Roda de Bandaia é atração no espaço de arte do Norte das Águas, reunindo o público que gosta de curtir música regional embalada por cordas e percussão. O músico João Amorim está à frente do grupo que faz o salão rodopiar embalados por um repertório em que os versos de marabaixo, as bandaias do batuque, sincronizam com o internacional cacicó e zouk. Neste domingo, o músico Adelson Preto é o convidado da Roda de Bandaia, que inicia às 17h e a entrada é franca.

O projeto Roda de Bandaia foi pensado para ecoar a música regional, à base de tambores e violões, atraindo ao seu redor gente que gosta de cantar, dançar e tocar, ou simplesmente curtir. Os músicos ficam no salão, dando a quem quiser a oportunidade de pegar um instrumento ou o microfone, e a Roda vira uma grande e democrática festa para encerrar o domingo. Já interagiram com grupo artistas como Zé Miguel, Amadeu Cavalcante, Val Milhomem, Osmar Júnior, Nilson Chaves, Fineias Nelluty, Brenda Melo, Enrico Di Miceli, Jomasan, Mayara Braga, entre outros. No último domingo a artista Patrícia Bastos fez a festa  e lotou o espaço da arte do Norte.

A banda base é formada por João Amorim, voz e percussão; Nitai Santana, voz e baixo; Lucas Santana, violão; Paulinho Queiroga, voz e bateria; e Ismael Biluca, percussão. Quem quiser pode pegar uma das saias que são deixadas nos cabides para dançar melhor as músicas do repertório local em ritmo de marabaixo e batuque, e os sons da Amazônia e países vizinhos, que seguem a mesma cadência e pode ser dançado sozinho ou acompanhado. E quem quiser entrar totalmente no clima regional, pode tomar gengibirra, a bebida servida nas festas tradicionais do Amapá.

Neste domingo, 20, o convidado é o cantor e percussionista Adelson Preto, que traz do quilombo do Curiaú a musica ancestral, o canto dos negros e os versos e bandalha que caracterizam a cultura tradicional do Amapá. Adelson é líder da banda Afro Brasil e fundador do projeto Banzeiro do Brilho-de-fogo, que incentiva a iniciação musical através de instrumentos de percussão.

O Bar e Restaurante Norte das Águas está localizado no Complexo Marlindo Serrano, beira do rio Amazonas. Além do espaço da arte, o lugar oferece cardápio que varia da culinária regional aos petisco, e um serviço bar que atende a todos os gostos.

Mariléia Maciel

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: