Alunos do SENAI AP criam sistema tecnológico inclusivo para cegos realizarem compras

Educa

Santana – Uma invenção dos alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Amapá busca tornar o simples ato de comprar mais fácil para os cegos. Procurados por uma jovem cega que tem dificuldades em adquirir produtos e alimentos em supermercados, eles criaram um sistema tecnológico inclusivo para que esse público seja capaz de realizar compras com maior segurança e liberdade em estabelecimentos comerciais.

Os estudantes construíram o sistema com módulos eletrônicos e sensores ultrassônicos para serem instalados nas prateleiras, que detectam a presença da pessoa. “Ao se aproximar do sensor, o indivíduo recebe uma mensagem sobre o produto via bluetooth, por meio de um fone de ouvido. O aviso sonoro inclui informações sobre o produto, como tipo, preço e validade, e isso ajuda bastante os cegos e pessoas com deficiência visual”, explicou  o instrutor do SENAI, Heraldo Souza.

O projeto-piloto foi construído por uma turma do curso de Eletricidade Industrial, do Centro de Formação Profissional de Santana e levou quatro meses para ser concluído. O jovem Ruan Guimarães, de 21 anos, disse que foi um desafio e ao mesmo tempo uma realização pessoal participar da construção de um projeto que ajuda pessoas com deficiência. “Achei a ideia muito interessante. Eu tinha curiosidade sobre como funcionavam esses sistemas e pude entender na prática. Contribuir com um projeto que beneficia os cegos também me enche de orgulho”, disse.

Apresentação do protótipo

O sistema tecnológico inclusivo será apresentado durante o Mundo SENAI, em Santana. A mostra será realizada nos dias 21 e 22 de novembro, das 10h às 20h, em todas as unidades do Amapá, simultaneamente. O evento, gratuito e aberto ao público, é uma oportunidade de ter uma visão mais ampla sobre o universo da formação profissional, inovação e tecnologia, especialmente sobre profissões industriais.

A programação terá palestras, apresentação de projetos, oficinas, atividades temáticas, exposições de produtos de empresas parceiras, mostras tecnológicas, minicursos e orientações profissionais. Estudantes, industriários e profissionais das áreas envolvidas terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre cursos e serviços oferecidos pela instituição.

Semáforo para pessoas cegas

Em junho deste ano, os alunos do SENAI Amapá também criaram e testaram o semáforo adaptado com sistema que reconhece a presença do indivíduo e emite sinal sonoro para liberar a travessia na rua. A proposta do aparelho é emitir uma voz programada para indicar que o sinal está aberto e que o trânsito está liberado.

Com o diferencial de não precisar ser acionado por botão, o mecanismo foi sincronizado a um semáforo instalado no cruzamento da Av. Adálvaro Cavalcante com a Rua Princesa Isabel, em Santana. O teste foi realizado na presença de representantes de órgãos de trânsito, que aprovaram a iniciativa.

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.