Rodrygo quebra recordes no Real Madrid e vira esperança também na Seleção Brasileira

Educa

 

Rodrygo está tendo um final de 2019 quase perfeito no futebol. Além de bater recordes no Real Madrid e cair no gosto do treinador Zinedine Zidane, o meia ofensivo também conseguiu a primeira convocação para defender a Seleção Brasileira de Tite. O antigo jogador do Santos já vem ganhando mais espaço do que o colega de elenco Vinícius Júnior, que ainda não convenceu no futebol espanhol e tem ficado para trás na disputa por uma vaga de titular.

Em apenas uma partida, Rodrygo conseguiu a façanha de quebrar, pelo menos, dois recordes diferentes. O jogador marcou três gols na vitória por 6 a 0 do Real Madrid sobre o Galatasaray pela Liga dos Campeões. Ele foi o brasileiro mais jovem a ter marcado na competição e também o mais jovem a marcar três gols em estilos diferentes: um com o pé direito, outro com o pé esquerdo e o terceiro, de cabeça. Uma façanha que pode parecer mínima, mas que nunca tinha sido realizada.

O brasileiro ainda parece surpreso com toda a atenção que tem recebido, mesmo que já tenha brilhado com a camisa do Santos. Ele comentou, em entrevista logo após a goleada, que não tinha palavras para descrever o momento e que iria continuar trabalhando para render ainda mais. A principal meta do camisa 27 é conseguir ganhar cada vez mais moral com Zidane e assumir a titularidade no meio de campo da equipe espanhola.

 

Após um início ruim de temporada, o Real Madrid busca se recuperar dentro de campo nas disputas do Campeonato Espanhol e também da Liga dos Campeões. Os blogs de apostas esportivas e dicas apontam que a equipe da capital deve ter um ano complicado e bem disputado com o Atlético e também com o Barcelona. No torneio continental, a vida deve ser mais complicada por adversários como o Liverpool e o Paris Saint-Germain.

 

Chance na Seleção

Se a carreira no Real Madrid começou de forma positiva, na Seleção Brasileira pode-se dizer o mesmo. Rodrygo foi convocado por Tite no início de novembro para os dois últimos amistosos do ano. A oportunidade vale ouro e mostra que o treinador está olho no excelente início do meia no futebol europeu. Até mesmo Vinícius Júnior, que chegou como uma estrela, já perdeu espaço para o colega.

 

 

Rodrygo deixou o Santos em julho, após negociação rápida entre os dirigentes brasileiros e a equipe espanhola. O Real Madrid pagou cerca de R$ 190 milhões pelo craque e, tendo esses primeiros meses por base, parece ter feito a aposta correta. A Seleção só tem a ganhar com isso também, já que o meia pode ser uma boa opção para Philippe Coutinho, que em alguns jogos costuma oscilar no rendimento em campo.

Se o objetivo do Brasil é ser campeão no Mundial de 2022, a presença de Rodrygo pode ser algo mais do que esperado. O meia vai continuar a crescer e, até o início da competição, terá maturidade para ser até mesmo um protagonista com a camisa amarela. Enquanto isso, a torcida observa o jogador conseguir destaque no Real Madrid e lutar por títulos para, quem sabe, quebrar recordes que ainda existem por lá.

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.