Viveiro de mudas é entregue à comunidade do Bailique

Como parte da programação executada no arquipélago de Bailique, na última segunda-feira, 16, a prefeitura de Macapá instalou na Vila Progresso o sétimo viveiro de mudas do município. O objetivo dessa iniciativa é incentivar a produção de espécies como açaí e pracaxi, além de servir como laboratório para estudantes para o conhecimento agrícola.

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, visitou o local onde serão trabalhadas e produzidas as mudas. “Estamos entregando o sétimo viveiro de mudas para nossa Macapá. Aqui [no Bailique] serão trabalhados diversos tipos de sementes, devido à diversidade da flora na região. Instalamos ao lado da escola municipal, para que nossos alunos conheçam e cultivem as plantas existentes no arquipélago, ajudando na preservação do meio ambiente”.

“O viveiro vem enriquecer a parte pedagógica, como incentivo à biologia, ciência, meio ambiente, tudo o que engloba a Amazônia, despertando a criança para o setor agrícola. Hoje sou técnico agrícola porque tive incentivo na escola, que antes tinha técnicas agrícolas. Daqui pode sair técnicos e também engenheiros agrônomos. Todas as escolas da Amazônia devem tratar sobre o meio ambiente, e aqui, no Bailique, existe uma grande diversidade de sementes, como pracaxi, mururu. A melhor semente de açaí é dessa região. Então, não pode se perder essa riqueza”, explica José Malcher, técnico agrônomo do Município.

Com uma capacidade para 2.400 mudas, o viveiro possui tamanho de 6×6,60 metros, com sombrite de 50% da luz solar, servindo para o controle da luz solar nas mudas e também para amortizar a água da chuva; possui uma irrigação com sistema elevado por nebulização e a área de sementeira, onde servirá de berço para germinação.

A Prefeitura de Macapá já instalou viveiros de mudas nos distritos do Coração, Fazendinha, São Joaquim, Santa Luzia do Pacuí, Santo Antônio da Pedreira e na capital Macapá, na área da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec).

Aline Brito

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: