AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Dois morrem e 16 estão desaparecidos após naufrágio no Sul do AP, diz Bombeiros

O navio de médio porte Anna Karoline 3 naufragou na madrugada deste sábado (29) no Sul do Amapá. A Marinha do Brasil descreveu que, segundo o comandante da embarcação, o acidente aconteceu após um forte vento e muitos passageiros caíram na água. Duas pessoas morreram e, até as 10h50, 16 estavam desaparecidas, segundo o Corpo de Bombeiros. Marinha confirma um óbito.

Um helicóptero, um avião do Grupamento Tático Aéreo (GTA), unidade de resgate do governo do estado, e outras embarcações foram encaminhados à região para ajudar no resgate das vítimas. As causas do naufrágio também são desconhecidas.

O Corpo de Bombeiros acredita que havia cerca de 60 pessoas na embarcação, mas ainda não tem o número exato de vítimas que viajaram, e que por isso não pode detalhar corretamente quantos foram resgatados. Os desaparecidos estão sendo contabilizados de acordo com a busca feita por familiares.

Até 11h, a corporação ainda não havia chegado na região e conta com a ajuda do comandante da embarcação e de ribeirinhos do local.

O navio saiu por volta das 18h de sexta-feira (28) de um porto em Santana, a 17 quilômetros de Macapá, em direção a Santarém, no Pará, mas às 5h deste sábado, o comandante da embarcação acionou o socorro próximo à Ilha de Aruãs e à Reserva Extrativista Rio Cajari, na região do Jari.

Foram mobilizadas equipes da Capitania dos Portos do Amapá (Marinha), GTA e Corpo de Bombeiros do Amapá, que levam socorro médico à região, porque há pessoas feridas e debilitadas, que conseguiram se salvar.

Marinha

A Marinha informou que foi instaurado um inquérito para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente.

Em entrevista ao JAP1, o comandante da Capitania dos Portos do Amapá, Carlos Augusto Souza Junior, detalhou que a embarcação estava inscrita no órgão.

“O barco saiu de Santana por volta das 18h, está inscrito na autoridade marítima. Nós estamos fazendo esforços para atender essa ocorrência e garantir o máximo de salvamentos possíveis. O Anna Karoline 3 tinha capacidade para 242 passageiros e era inscrito [como transporte] para passageiro e cargas”, disse.

Ele também descreveu que o local do acidente fica a aproximadamente 130 quilômetros de Macapá, de difícil acesso e comunicação.

Família

Brendo Jones dos Santos disse que não consegue contato com a irmã, Samella Thayara Alves dos Santos que estava no barco acompanhada de pelo menos outras 11 pessoas. O grupo, que fez uma selfie durante a viagem, ia para Almeirim participar de um aniversário.

“Ela não entrou em contato com a gente. Temos amigos que moram lá perto e tentam encontrá-los”, comentou.

Atualização as 15:46

Lista dos sobreviventes do naufrágio da embarcação Ana Carolina III, até o momento.

1. Cristielen dos anjos
2. Acez Marinezes F. Barbosa
3. Luiza p. Oliveira
4. Eloy de Jesus
5. Raimundo Damião Lopes
6. Daiane T. Pereira
7. Artur Gabriel G. Salles
8. Paulo Ricardo G. Pelaes
9. Francicley das Neves Sales
10. Maria valdenira N. Silva
11. Kauã Vinícius G. Lima
12. Maria Carmozinha G. Lima
13. Kesia Dos S. Furtado
14. Valdecir G. Batista
15. Sandiane I. Tiriuju
16. Mateus A. Rodrigues dos Santos
17. Gino C. Marcos
18. Daiane Gonsalves Mendes
19. Kamily G. Dias
20. Socorro Vieira
21. José S. Vieira
22. Ruinelson p. Figueiredo
23. Gisele S. Monteiro
24. Rosane F. Da Costa
25. José R. De jesus silva
26. Márcio R. Dos Santos
27. Paulo R. Da silva Bahia
28. Jacilene B. Lima Bahia
29. Marcos C. Da Fonseca
30. Crislei T. Barbosa da luz
31. Nelson Rocha Monteiro
32. Vanderleia Bentes Monteiro
33. Nicolás Bentes Momento
34. Hugo Júnior dos Santos Trindade
35. Leoran Sanches I.
36. Crisley Belém dos Santos
37. Roberto Alves de Queiroz Torres
38. Rosemiro Correia
39. Domingos Viana Ferreira
40. Walace de Oliveira Pereira
41. Karen Larissa Lamera Vale
42. Caique Júnior Gomes Lobato
43. Dielque Braga de Sousa
44. Jaercio Monteiro
45. Rodrigo Lacerda..

ATUALIZANDO….

Colaborou Neyli Clodovil

Com G1 Amapá.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: