AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Amapá tem agora 479 casos confirmados, 957 em análise laboratorial e 14 óbitos

O Governo do Amapá atualiza nesta quarta, 22, o boletim informativo sobre a situação do novo coronavírus no estado, trazendo 13 novos casos confirmados. Agora no total são 479 casos confirmados e 957 em análise laboratorial.

Dos novos casos informados hoje, 8 são em Macapá, 2 no município de Laranjal do Jari, 1 em Mazagão e 2 em Serra do Navio, elevando a incidência do vírus em 8 municípios do Amapá.

Na noite de terça-feira, 21, uma mulher de 58 anos, que apresentava comorbidade relacionada à diabetes, internada desde o dia 4 de abril em hospital particular de Macapá, foi a 14ª morte no estado.

Os casos confirmados no Amapá chegam a 479, sendo:

Veja também:

Universidade da Nova Zelândia promove desafio internacional de design para estudantes do ensino médio

Décima morte por Covid-19 em Macapá foi de uma profissional de saúde

394 são de Macapá

61 de Santana

3 de Mazagão

1 em Porto Grande

2 em Vitória do Jari

6 em Oiapoque

10 em Laranjal do Jari

2 em Serra do Navio

Há ainda:

235 se recuperaram (Macapá 225/ Santana 9/ Oiapoque 1)

189 estão em isolamento familiar

14 pacientes morreram (Macapá 12/ Santana 2)

1.382 casos suspeitos descartados

Ao todo são 41 casos hospitalizados:

19 no sistema público (7 em leito de UTI / 12 em leito clínico)

22 na rede privada (8 em leito de UTI / 14 em leito clínico)

Suspeitos declarados pelos municípios: 1.166

Macapá: 746
Santana: 274
Amapá: 3
Calçoene: 6
Laranjal do Jari: 53
Mazagão: 27
Oiapoque: 9
Pedra Branca do Amapari: 6
Porto Grande: 18
Serra do Navio: 1
Vitória do Jari: 13
Tartarugalzinho: 7

Os dados são do Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL/AP) e do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS), que auxiliam o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) – dispositivo criado pelo Governo do Amapá para gerenciar a crise de COVID-19 no estado.

Portal do GEA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: