Contag quer plano safra específico para agricultura familiar

Confederação participa hoje de vídeoconferência com ministra

A Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag) quer que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estabeleça um plano safra específico para a agricultura familiar.

A proposta vai ser discutida por videoconferência nesta quarta-feira (22) com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, dirigentes da confederação e presidentes de federações de agricultores.

A Contag também quer tratar de assistência e extensão rural e do aumento do volume de recursos para financiamento da produção da agricultura familiar (Pronaf Crédito) e para programas como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Veja também:

Universidade da Nova Zelândia promove desafio internacional de design para estudantes do ensino médio

Décima morte por Covid-19 em Macapá foi de uma profissional de saúde

Plano Safra
O Plano Safra é uma iniciativa do governo federal que orienta a destinação de recursos para a cadeia do agronegócio e viabiliza o financiamento e a securitização da atividade agrícola e comercialização da produção em em todo o Brasil.

Em geral, o plano é fechado entre os meses de junho e julho. Por causa da epidemia do novo coronavírus covid-19), o Mapa tem recebido demandas para antecipar a medida. Para a safra 2019/2020, o governo liberou mais de R$ 225 bilhões.

Agenda
Antes da reunião com a Contag, Tereza Cristina participa de videoconferência Hemisférica com ministros de Agricultura. Ao término do dia, a titular do Mapa tem na agenda mais uma videoconferência com dirigentes do banco Credit Suisse Brasil.

EBC

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: