Ouça "Episódio 52 - Notícias da Amazônia ao vivo com Lívia Almeida" no Spreaker.

Projeto da Funarte apresenta espetáculos e oficinas pela internet

Bossa Criativa – Arte de Toda Gente estreia hoje, às 18h

Estreia hoje (30) o projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente, da Fundação Nacional de Artes (Funarte) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Devido ao isolamento social imposto pela pandemia de covid-19, as apresentações e oficinas com mais de 80 convidados serão disponibilizadas pela internet, até o fim do ano. Em 2021, as atividades ocorrerão em cidades brasileiras tombadas como patrimônio mundial da humanidade.

O objetivo do projeto, que tem curadoria da Escola de Música da UFRJ, é democratizar o acesso à cultura e promover a diversidade artística e a economia criativa. O formato online será composto de pocket shows, apresentações curtas de 30 ou 40 minutos, e de videoaulas.

Os primeiros vídeos, que devem ser disponibilizados nos próximos dias, incluem shows de Xangai, Lucina, Chico Teixeira, Cristóvão Bastos e Clarisse Grova, Cátia de França, Gilson Peranzzetta e Mauro Senise, Mestrinho e Bia Bedran, além de aulas com Jane Celeste e Tim Rescala. As crianças também terão uma programação destinada a elas com apresentações e cursos.

As exibições vão fazer uma abordagem pedagógica da obra de cada artista, com informações sobre suas trajetórias, produções, memórias e influências. Já os cursos incluem linguagens artísticas como música, fotografia, artes plásticas, circo, dança e teatro, além de capacitação em áreas técnicas como restauro de patrimônio, criação e gestão de negócios criativos, elaboração de projetos culturais e captação de recursos.

O projeto vai lançar também um edital para selecionar novas propostas artísticas, culturais e de oficinas, além de um chamamento público para apresentação de trabalhos de mestrado nas áreas artísticas.

A transmissão ao vivo do lançamento do projeto será hoje às 18h, com o músico Chico Teixeira, a cantora, compositora e escritora Bia Bedran, o arquiteto Leonidas Oliveira, que é secretário de Cultura e Turismo de Minas Gerais, e o presidente da Funarte, Luciano Silva. A mediação do bate-papo será do coordenador do projeto, Marcelo Jardim, diretor artístico da Escola de Música da UFRJ.

Veja também:
Momento Espírita: O milagre da doação
Declaração Anual de Rendimentos do MEI encerra nesta terça (30)
Três passos para garantir a colheitadeira mais adequada ao seu cultivo

Patrimônio da humanidade
Para o próximo ano, o projeto pretende levar atividades presenciais a nove cidades brasileiras com espaços reconhecidos pela Unesco como patrimônios culturais da humanidade.

Ainda sem data definida por causa da pandemia de covid-19, os eventos estão previstos para Minas Gerais (Ouro Preto e o Conjunto da Pampulha, em Belo Horizonte), Brasília, Rio de Janeiro (capital e Paraty), Sergipe (São Cristóvão), Maranhão (São Luís), Pernambuco (Olinda) e Rio Grande do Sul (São Miguel das Missões).

Além das apresentações de música, circo, artes visuais, dança e teatro em praças e coretos, o Bossa Criativa levará também exposições, literatura, feiras de arte popular, gastronomia e artesanato. Artistas e empreendedores poderão participar também de cursos de capacitação e de aperfeiçoamento, presenciais e com duração de cinco dias.

EBC

Conheça a coleção da Baiuca do Chico Terra

Publicado por Chico Terra em Sábado, 11 de julho de 2020

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: