AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Novos hábitos dos macapaenses no primeiro dia de retomada da terceira etapa das atividades econômicas

Pandemia e mudança de hábitos: novos cenários para velhos comportamentos, uma realidade difícil, mas necessária em tempos de pandemia. Durante a retomada da terceira etapa das atividades econômicas em Macapá, lojistas e consumidores puderam dividir o mesmo espaço. Contudo, obedecendo as regras rígidas e protocolos de segurança para o enfrentamento do novo Coronavírus.

Com a pandemia, quase tudo precisou ser reformulado, é uma nova roupagem da vida “normal”. A volta às compras de forma presencial em Macapá segue esses novos padrões. São medidas de segurança que incluem uso de máscara, checagem de temperatura dos funcionários, marcação de distância entre os clientes que circulam nas lojas, posicionamento em filas e disponibilidade de álcool em gel na entrada dos estabelecimentos.

“Cumprir as regras de higienização e evitar a aglomeração das pessoas são os passos fundamentais para se evitar o contágio do Coronavírus. O consenso da sociedade é essencial, trabalhamos todos os dias para conscientizar as pessoas sobre esse risco. Decretamos a retomada da terceira etapa das atividades econômicas mediante algumas condicionantes, e acreditamos que empresários e consumidores, ambos com responsabilidade em cumpri-las, deverão segui-las”, disse o prefeito Clécio Luís.

Fluxo de pessoas

A movimentação de clientes e lojistas no centro comercial de Macapá foi tranquila e dentro do esperado na manhã desta quinta-feira, 16. Alguns estabelecimentos levantaram as portas apenas para trabalhar os últimos detalhes das condicionantes exigidas pelo Município para a reabertura das lojas. Outros já adaptados às novas regras receberam os consumidores com expectativa otimista nas vendas.

Quem foi às compras, para ter acesso às lojas, precisou se submeter a aferição da temperatura, higienizar as mãos com álcool em gel e obedecer às regras de distanciamento entre os outros clientes. O acesso também só foi permitido com o uso de máscara. Protocolos que têm como finalidade dar segurança a clientes e funcionários.

Conscientização coletiva

O momento ainda é de alerta e as medidas de contenção são imprescindíveis. A mudança de hábitos é fundamental e exige o compromisso de cada pessoa. Assim, a população pode se proteger e também contribuir para a contenção da pandemia. Oferta e demanda começam a entender que a luta contra o Coronavírus é coletiva. Regras e novas medidas devem ser adotadas por todos. O distanciamento social continua valendo como melhor forma de se proteger do vírus.

Decreto

O Decreto n° 2.602/2020 foi assinado pelo prefeito Clécio Luís, na última quarta-feira, 15. Ele instituiu a abertura de algumas atividades que, anteriormente, não estavam funcionando na modalidade presencial, como restaurantes e lanchonetes, e estendeu o horário de outras, como supermercados e mercantis. O documento tem duração de 15 dias. Orientações sobre o funcionamento de cada modalidade nesta nova fase de retomada do comércio estão no Decreto n° 2.602/2020 e podem ser acessadas pelo link: http://macapa.ap.gov.br/coronavirus/atos-normativos/.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Mônica Silva

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: