AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

PMM inicia cadastro do Auxílio Alimentação para microempreendedores e autônomos

“Trabalho como costureira há 19 anos, preciso pagar o aluguel e a pandemia prejudicou minha renda. Toda ajuda é sempre bem-vinda”. Com estas palavras, dona Leda Maria Monteiro comemorou o atendimento recebido na ação de cadastro do Auxílio Alimentação, nesta terça-feira (23), na Feira da 1º de Maio.

A ação é coordenada pelas secretarias municipais de Assistência Social (Semas) e Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Inovação (Semtradi). Inicialmente, estão sendo disponibilizados cinco mil novos cadastros e o pagamento do benefício será feito em duas parcelas de R $150 reais.

“Ofertar esse Auxílio Alimentação é uma forma de minimizar os impactos econômicos causados pela pandemia a esses trabalhadores. Além disso, estamos aproveitando para atualizar os dados desses profissionais, assim, futuramente, eles poderão participar de programas da Secretaria, como o Empreendedor Legal”, destacou o gestor da Semtradi, Emanuel Bentes.

O programa conta com uma verba de RS 19,1 milhões, destinada por emendas propostas pelo senador Randolfe Rodrigues, no valor de R$4,3 milhões, e pelos deputados federais Acácio Favacho e Luiz Carlos, no valor de R$14,8 milhões. Desse total, R$6,4 milhões já foram distribuídos aos beneficiários. Para esta nova etapa, o Auxílio Alimentação distribuirá R$8,5 milhões.

Seu Manoel Benedito de Deus trabalha com a venda de peixes na Feira da 1º de Maio e aproveitou para se cadastrar logo cedo.

“Vendo peixe há mais de 40 anos e a pandemia nos trouxe muitas consequências, perdemos lucro e perdemos pessoas. Agora, estamos tentando superar a cada dia. O Auxílio Alimentação vai ajudar a minha família”, disse seu Manoel.

Veja também:
ENEM Amazonas terá cerca de 80% de abstenções
Instituições de ensino de Minas, São Paulo e Pernambuco se unem para realizar competição internacional de robótica
TJRJ decide suspender deputada Flordelis de suas atividades

Cadastro

Empreendedores e trabalhadores autônomos, como a dona Leda e seu Manoel Benedito, podem realizar o cadastro até o dia 14 de maio, seguindo o cronograma de locais disponibilizado nos canais oficiais da Prefeitura de Macapá.

Para se registrar, é necessário apresentar documentos de todos os moradores da residência do beneficiário. Originais do RG, CPF, Título de Eleitor e comprovante de residência. Para as crianças, deve ser apresentada Certidão de Nascimento, RG, CPF e Declaração Escolar.

Cronograma de pontos de cadastro

23/02 – Feira da 1º de Maio e da Jovino Dinoá

27/02 – Feira do Perpétuo Socorro

02/03 – Feira de 13 de setembro

04/03 – Feira Maluca e Feira do Brechó

09/03 – Empreendedores do Residencial São José

11/03 – Feira da Galibis e Feira da Pracinha da Caixa D’água

14/03 – Feira do Novo Horizonte

16/03 – Feirão Popular e Feira do Caranguejo

18/03 – Empreendedores do Residencial Mucajá

23/03 – Empreendedores do Residencial Açucena

25/03 – Feira da Ana Nery

30/03 – Feira do Zerão

01/04 – Feira do Jardim

03/04 – Feira do Marabaixo 2

06/04 – Residencial Mestre Oscar Santos

08/04 – Residencial Macapaba

10/04 – Complexo Araxá, Praças do Coco, do Barão e Veiga Cabral e Fortaleza de São José

13/04 – Praça da Conceição, Praça Nossa Sra de Fátima e Praça do Cidade Nova

16/04 – Praças da Bandeira e Chico Noé

20/04 – Pracinha do Curiaú

23/04 – Pracinha da Fazendinha (Distrito da Fazendinha e Igarapé da Fortaleza)

27/04 – Pracinha do Coração (Distrito do Coração)

30/04 – Localidade Casa Grande, Ressaca da Pedreira, Abacate da Pedreira, São Benedito, Cachoeira e São Raimundo do Paraíso

04/05 – Localidade de Pracuúba e São Joaquim do Pacuí, Tracajatuba e Santa Luzia do Pacuí

07/05 – Bailique

14/05 – Lontra da Pedreira

Laiza Mangas

Secretaria Municipal de Comunicação Social

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: