Prática da musculação deve ser incentivada nos idosos

Rafael Coelho

Sabemos da importância da prática da atividade física em todas as idades (crianças, adolescentes, adultos e idosos), pois o exercício melhora o condicionamento físico, o ganho de massa muscular, controla o peso e diminui o risco de doenças como o diabetes e hipertensão arterial. Claro que em cada faixa etária existe o tipo mais adequado para que existam os benefícios e essas pessoas possam desfrutar disso. No caso da população idosa, com a devida orientação do profissional de educação física, a musculação deve ser incentivada, pois, o treinamento com peso aumenta a densidade óssea, combatendo a osteoporose, fortalece o sistema musculoesquelético, evitando problemas cardíacos, produz uma maior força muscular, o que se realiza na melhora da coordenação motora.

Na infância, por exemplo, o mais indicado é o esporte em grupo para uma boa interação entre aqueles pequenos que estão em formação. O futebol é um bom esporte nesta fase. As crianças podem estimular o desenvolvimento ósseo, cardiovascular e aprendem sobre regras, por exemplo. Adultos já procuram esportes mais isolados para resolver o estresse do intenso dia de trabalho. Ali será o momento de jogar fora aquele fardo. Esportes como boxe, ciclismo e corrida podem satisfazer muito bem este faixa etária. E o idoso? Você já parou para pensar qual poderia ser o melhor exercício físico para este grupo? Se formos analisar, notamos que boa parte dos idosos está ali nos parques e orlas praticando caminhadas ou alongamentos. Mas definitivamente estas não são as melhores opções de exercício.

Veja mais na Folha de Pernambuco

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: