MP-AP participa de 6ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Defesa do Consumidor

Na última sexta-feira (5), o Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor (Prodecon), participou da 6ª reunião plenário ordinária do Conselho Estadual de Defesa do Consumidor (Coedecon), realizada na sede do Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AP), em Macapá.

A reunião foi organizada pela Secretária de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp/AP), Conselho Estadual de Defesa do Consumidor (Coedecon), além do Procon/AP. O objetivo do encontro foi dialogar sobre as diretrizes institucionais para a melhora de ações de defesa do consumidor em todo o estado.

O MP-AP foi representado pelo titular da Promotoria de Defesa do Consumidor de Macapá/AP (Prodecon) e membro titular da Coedecon, Promotor de Justiça Luiz Marcos, que na ocasião relatou a sobre a necessidade da reunião.

“Esse evento é essencial, pois oportunizou o diálogo entre as instituições da área. Essa troca de informações promove a interação para ações conjuntas em defesa do consumidor. Desta forma, trabalharemos juntos na em favor da sociedade”, frisou Luiz Marcos.

Instituições presentes:

Participaram do evento os gestores e representantes da Secretaria de Estado da Educação do Amapá (Seed), Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete), Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims), Secretaria do Estado da Saúde Do Amapá (Sesa), Procuradoria-Geral do Estado do Amapá (PGE), Conselho de Consumidores de Energia do Amapá (Conceap), Associação Comercial e Industrial do Amapá (Acia), Defensoria Pública do Estado do Amapá (DPE/AP), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio Amapá), Central Única dos Trabalhadores do Amapá (CUT-AP) e a União Geral dos Trabalhadores (UGT).

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: