Beto 7 Cordas e a Guitarrada prometem uma noite dançante do início ao fim no dia 13 de novembro

A guitarrada volta ao circuito de shows no Amapá com estilo e referência,  neste 13 de novembro, com o projeto “Beto 7 Cordas e a Guitarrada”. Os sons de Mestre Vieira, Aldo Sena e Barata, entram no repertório da noite que apresenta um apanhado das guitarradas do Norte e outros ritmos como lambada, cumbia, carimbó e brega, uma fusão de ritmos contagiante, com grandes músicos amapaenses. O show inicia às 22h, no espaço cultural Sankofa, na orla do Araxá.

A guitarrada surgiu no Pará, inspirada por outros gêneros musicais, por obra de Mestre Vieira, nos anos 70, valorizando ritmos amazônicos e caribenhos. A adesão de outros instrumentistas  popularizou o ritmo, embalando dezenas de discos que ganharam as rádios paraenses, identificando a região como berço da guitarrada, e criando uma legião de guitarreiros que seguiram os passos de Mestre Vieira.  A guitarrada hoje é tocada e dançada em todo o Brasil, deu origem a outros ritmos, e no Amapá, é a base musical de artistas consagrados e adorada por uma plateia bastante diversificada.

O projeto Beto 7 Cordas e a Guitarrada iniciou em 2001, seguindo a tendência musical que arrastava o povo para dançar acompanhado ou sozinho no salão. Durante a trajetória, muitos músicos participaram da formação musical, e se apresentaram em palcos de grandes eventos culturais em todo o Amapá. O projeto promove shows esporádicos em ambientes particulares e públicos, quando os músicos e convidados se preparam especialmente para o momento de reencontrar o público ao som das guitarradas.

Os históricos dos músicos é digno de aplausos. Beto 7 Cordas atua como músico profissional desde os anos 80, tocando em bandas famosas e acompanhando artistas renomados de músicas dançantes, regionais e instrumentais. Dadá Lopes é mestre no contrabaixo e está nos palcos há 40 anos tocando  violão e baixo, com passagem pelas inesquecíveis The Tramp´s, Setentrionais e Warilow. Durbam Cardoso, guitarra base, está sempre presente nos melhores palcos acompanhando Negro de Nós, Dom Juan, Suelen Braga, entre outros; Rosivaldo de Moraes, baixo, esteve nos palcos de Odair Joseé, Núbia Lafaiete, Setentrionais, Moara.

Nesta edição o projeto Beto 7 Cordas e a Guitarrada tem a participação de Lene Balieiro, cantora paraense que, entre muitas formações, brilhou na banda Sakarolha, grupo Sambarte, Xanadu, acompanhou Ronery e Olemax.

Para curtir este show de guitarradas e obter ais informações é preciso ligar para (96) 98807-4533, e garantir a mesa ou ingresso individual.

Mariléia Maciel

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: