Saúde pública e impactos da pandemia são temas de encontro virtual gratuito nesta terça

Evento promovido pelo Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) reunirá pesquisadores e especialistas nacionais em quatro dias de programação online.

Os desafios e oportunidades da saúde pública contemporânea no Brasil, diante dos impactos causados pela pandemia da Covid-19, serão debatidos por 40 pesquisadores e especialistas nacionais durante o III Encontro da Pós-graduação do ILMD/Fiocruz Amazônia e I Encontro dos Programas de Pós-graduação em Saúde Coletiva no Amazonas, a partir desta terça-feira, dia 30 de novembro, até sexta-feira, dia 3 de dezembro. A programação é online, aberta ao público e as inscrições podem ser feitas gratuitamente através do site: https://bit.ly/3GtSU07

Neste ano, o evento destaca a necessidade de compreender como fatores ambientais, sociais, econômicos e biológicos tornam certos grupos mais vulneráveis não só ao novo coronavírus, mas aos efeitos agravantes de sua interação com outras doenças, em muitos casos, negligenciadas pela falta de acesso a assistência médica no período pandêmico. 

A proposta é abordar a Covid-19 a partir de uma perspectiva sindêmica, o que possibilita uma visão mais ampla do cenário atual da saúde pública brasileira e dos desafios futuros. Entre as temáticas previstas, estão: saúde, ambiente e sustentabilidade, medicina tropical, saúde mental, vacinação e pesquisa científica.

A programação ocorrerá das 9h às 17h (horário de Manaus) e é direcionada a pesquisadores, alunos de pós-graduação, graduação e de iniciação científica, além de profissionais de saúde. Serão quatro dias de sessões de palestras, rodas de conversas, práticas integrativas, atividades culturais, exposição fotográfica e apresentação de trabalhos científicos. A transmissão será pelo canal no YouTube do PPGBio Interação – Fiocruz Amazônia (https://bit.ly/3miIY1i).

Programação

O evento terá início no dia 30 deste mês, às 09h, com uma mesa de abertura composta pela presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade Lima, a diretora do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), Adele Benzaken, a diretora-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), Márcia Perales Mendes Silva, entre outros representantes. 

Na primeira palestra, que acontece a partir das 9h45, o médico sanitarista e professor titular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Gastão Wagner de Sousa Campos, abordará os “Desafios da atenção primária à saúde no Brasil contemporâneo”. 

A partir das 14h, será realizada uma sessão de palestras com foco no tema “Doenças tropicais negligenciadas e carga global de doenças”. A última atividade do dia será a prática integrativa Yoga, entre 16h30 e 17h.

Abrindo o segundo dia de programação, uma roda de conversa debaterá, das 9h às 11h15, o impacto da Covid-19 em populações expostas a diferentes contextos de vulnerabilidade, como indígenas, ribeirinhos, migrantes e refugiados. Na sequência, será realizada a apresentação dos trabalhos científicos submetidos no evento.

Entre 14h e 16h30, a sessão de palestras “Painel 3V da COVID-19 no Brasil: Vigilância, Vacinas e Variantes” abordará questões como vigilância em saúde, avaliação digital da vacinação, vigilância genômica e principais variantes do SARS-CoV-2 no país. A prática integrativa Meditação encerra a programação, das 16h30 às 17h. 

O terceiro dia de encontro terá início com a roda de conversa “Desafios à saúde mental em um período de recuperação”, das 9h às 11h15. Dentro da atividade, serão debatidos os temas: “A importância da saúde mental na atenção básica”, “Apesar de você, amanhã há de ser outro dia”, “Saúde mental na pandemia: Achados de uma grande coorte brasileira”, e “Estamos todos doidos?”. 

A programação seguirá com a apresentação de trabalhos científicos, das 11h15 às 11h45. A partir das 14h, ocorre a sessão de palestras “Saúde, Ambiente e Sustentabilidade: Desafios, Experiências e Perspectiva”. Em seguida, será realizada a prática integrativa Ergonomia, das 16h30 às 17h. 

O último dia de evento terá, das 9h às 11h20, uma roda de conversa com a temática “Manutenção e perspectivas da produtividade e da pesquisa científica no Brasil”, com o objetivo de colocar em debate o cenário da ciência e tecnologia no país, o fomento à pesquisa e os desafios da pós-graduação. 

Referência nacional em infectologia, o pesquisador da Fiocruz e professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Julio Henrique Rosa Croda, ministrará, às 14h, a palestra “Efetividade das diferentes vacinas para COVID-19, baseada em dados secundários de sistemas de vacinação e vigilância”. 

A mesa de encerramento ocorrerá das 16h às 16h30, seguida pela premiação de trabalhos científicos, além de uma exposição virtual fotográfica associada às temáticas de saúde e enfrentamento à pandemia na Amazônia, além de uma apresentação cultural. 

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: