Profissionais de saúde participam de capacitação para detecção de casos de hanseníase

Ação faz parte da mobilização do Janeiro Roxo, onde será realizado o Dia H na sexta-feira (21) nas unidades São Pedro e Marcelo Cândia. 

Iniciou nesta segunda-feira (10) a capacitação dos profissionais de saúde da Prefeitura Municipal de Macapá para detecção de casos de hanseníase. A atividade segue até o dia 20 de janeiro e busca orientar os profissionais para realização de consultas.

A capacitação faz parte da mobilização do Janeiro Roxo, onde será realizado o Dia H ,na sexta-feira (21), nas unidades São Pedro e Marcelo Cândia, no período de 8h às 12h.

Através da orientação, os profissionais da Atenção Primária estão sendo qualificados para identificação do diagnóstico e tratamento da doença.

“Vamos realizar ações da busca ativa de pessoas com casos suspeitos de hanseníase. Será aplicado o questionário de suspeição na comunidade. Após a identificação de pessoas com os sinais da doença, serão encaminhados para exame físico na UBS São Pedro e Marcelo Cândia”, explicou a chefe de Divisão de Controle e Prevenção de  Tuberculose e Hanseníase, Flávia Peres Mota.

Etapas do Treinamento
A capacitação teórica aconteceu em 2021, por meio de aulas expositivas apresentadas pelo Ministério da Saúde no projeto APELI – Ação pela Rliminação da Hanseníase. Já o ensino prático e treinamento em serviço ocorre neste período de 10 a 20 de janeiro. A atividade está sendo ofertada pela equipe multiprofissional do Centro de Referência em Doenças Tropicais (CRDT).

Hanseníase 
A hanseníase é uma doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium Leprae, também conhecida como bacilo de Hansen. O bacilo se reproduz lentamente e o período médio de incubação e aparecimento dos sinais da doença é de aproximadamente cinco anos, de acordo com informações da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

Ana Cleide TorresSecretaria Municipal de Saúde  

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: