Criança de 7 anos fica soterrada após deslizamento de barranco durante chuva em Manaus

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – Uma criança de 7 anos ficou soterrada após um deslizamento de barranco durante a chuva desta segunda-feira, 17, na comunidade Fazendinha, Cidade de Deus, zona Norte de Manaus. A manhã chuvosa provocou alagamentos nas ruas da capital amazonense e deixou um rastro de prejuízos para a população de algumas localidades. Na comunidade Nossa Senhora de Fátima 2, mesmo bairro, a forte chuva deixou as vias submersas e fez moradores que se deslocavam para suas residências caminharem em meio à água.https://a71e57e626b81232064cf9aa57354695.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Segundo o Corpo de Bombeiros, quatro crianças estavam na casa, quando o barranco deslizou. Três delas foram resgatadas, mas uma menina não conseguiu sair a tempo.

Nas redes sociais, um morador da região gravou um vídeo mostrando a rua alagada, enquanto os vizinhos transitavam pela rua. Nas imagens, é possível observar que a água chega à altura da cintura dos homens que passavam pelo local e, ainda, dentro de algumas casas da via. As marcas nas paredes das residências mostram ainda que o nível da água estava maior.

“Já é a segunda vez, este ano, que os moradores passam por isso. Agora já está baixando a água, mas o nível estava maior aqui no bairro de Fátima 2, Cidade de Deus, como vocês conseguem ver pela parede”, comentou o autônomo Gerdiel Oliveira, em uma live no Instagram.

A chuva

De acordo com os dados pluviômetros automáticos monitorados pela Defesa Civil de Manaus, até as 10h30 desta segunda-feira, 17, foram registrados 50,2 milímetros de média de chuva. A quantidade é observada por meio do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

A Defesa Civil também registrou 16 ocorrências em Manaus, entre alagamentos e desabamentos. Na rua Meca (antiga Plutão), na comunidade Campo Dourado, zona Norte, um muro desabou. Na mesma zona, no bairro Alfredo Nascimento, houve alagamento.

Vídeos do momento das inundações foram compartilhados nas redes sociais. Em alguns deles, é possível ver a força da correnteza levando, ainda, entulhos descartados nas ruas.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: