Joe Biden e Vladimir Putin devem realizar reunião sobre situação da Ucrânia

Encontro entre os presidentes foi sugerido por Emmanuel Macron, chefe de estado francês

Os presidentes Joe Biden, dos Estados Unidos, e Vladimir Putin, da Rússiaconcordaram em realizar uma cúpula sobre a situação da Ucrânia.

A discussão foi sugerida pelo presidente da FrançaEmmanuel Macron, que também deve ajudar na preparação das negociações entre as potências.

De acordo com a secretária da Casa Branca, Jen Psaki, o encontro dos presidentes de EUA e Rússia deve ocorrer após a reunião entre Antony Blinken, secretário de Estado norte-americano e Sergey Lavrov, ministro das Relações Exteriores russo, no dia 24.

“O presidente Biden aceitou, a princípio, um encontro com o presidente Putin desde que uma invasão não aconteça. Estamos sempre prontos para a diplomacia. Também estamos prontos para impor consequências rápidas e severas caso a Rússia escolha a guerra”, declarou Jen Psaki.

Leia Também: Itamaraty lamenta críticas dos Estados Unidos a Bolsonaro por falar que é solidário à Russia

Tensão na Europa

A tensão militar na Europa acontece depois da possibilidade da Ucrânia, ex-república soviética, entrar para a OTAN (Organização do Tratado Atlântico Norte), aliança militar criada depois da Segunda Guerra Mundial integrada pelos Estados Unidos.

A Rússia pede uma garantia de que a Ucrânia não entre para a OTAN, já que o ingresso do país poderia significar uma ameaça à Rússia em termos militares. O governo dos EUA considera que a Rússia pode invadir a Ucrânia a qualquer momento.

Leia Também: Boris Johnson diz que possível invasão russa à Ucrânia é “um grande perigo para o mundo”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: