Evento estimula alunos do SESI e do SENAI Amapá a desenvolverem projetos de inovação

Em uma verdadeira corrida de inovação, alunos do Novo Ensino Médio do SESI e de aprendizagem do SENAI Amapá foram estimulados à criatividade. Durante três dias, os jovens participaram do evento Grand Prix com a missão de desenvolver protótipos e projetos baseados na demanda da indústria cervejeira.

Antes de iniciar a competição os participantes foram capacitados, por meio de oficinas sobre prospecção tecnológica – ministrada pela integrante do Programa Formadores de Inovação, da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia, Gerciane Cordeiro –, e, ainda, a respeito do uso de ferramentas de gerenciamento de negócios, como canvas e pitch. Também receberam orientações para desenvolver ideias e transformá-las em projetos.

Em seguida, divididos em equipes, trabalharam na estruturação de propostas ao desafio de melhorar o aproveitamento dos resíduos de uma cervejaria e minimizar os riscos de recebimento de sanção ambiental. O resultado da disputa será divulgado na segunda-feira, 11. As três melhores escuderias são premiadas com troféu e medalha.

O instrutor de Tecnologia e Inovação do SENAI Amapá, Pedro Fauro, explica que o objetivo do Grand Prix SENAI de Inovação é olhar a competição enquanto recurso pedagógico também.

“O SENAI realiza competições educacionais como esta com o intuito de mobilizar a participação dos estudantes e, ao mesmo tempo, envolvê-los na resolução de situações desafiadoras reais. É um excelente exercício para os jovens que estão no processo de descoberta profissional e se preparam para atender as demandas das indústrias”, completou Fauro.

O que você pensa sobre este artigo?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.