Avião da Avianca faz pouso de emergência no aeroporto de Cumbica

Incidente desta quinta ocorre menos de 24 horas depois de uma aeronave sofrer um princípio de incêndio em outro aeroporto do estado de São Paulo

Avião da Avianca teve de fazer um pouso de emergência no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Foto: Reprodução/Twitter

Um avião da companhia aérea Avianca teve de fazer um pouso de emergência, às 7h41 desta quinta-feira (23), no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O incidente não deixou feridos.

Os passageiros que viajariam na manhã desta quinta de Guarulhos para Recife tiveram de ser retirados do avião. Segundo a concessionária que administra este terminal, a aeronave ainda permanecia estacionada no pátio até as 9h15 e não há impacto sobre as demais operações de partidas ou de chegadas.

O piloto da aeronave afirmou que, logo após a decolagem, viu fumaça dentro da cabine do avião. Por precaução, solicitou um pouso de emergência e fez a aeronave voltar ao chão. O problema no avião será investigado pela companhia aérea e pelos funcionários do aeroporto.

Incidente em Congonhas

Durante esta quinta, também não há restrição para pousos e decolagens no aeroporto de Congonhas, na zona sul da cidade, onde nesta quarta-feira (22) ocorreu um princípio de incêndio em uma das turbinas do Airbus A320, da Latam, logo após a decolagem, às 18h48.

A aeronave seguiria para o município de Confins, em Belo Horizonte, com 134 passageiros e seis tripulantes. O vôo teve de ser interrompido e o Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o prinxípio de incêndio. O aeroporto informou que não houve feridos.
Segundo a Latam, a decolagem estava inicialmente prevista para as 17h40, mas teve de ser adiada por causa do fechamento do terminal em consequência do temporal com granizo, no final da tarde.

Em entrevista ao jornal Bom Dia São Paulo da TV Globo , na manhã desta quinta, o vice-presidente da Latam afirmou que a aeronave estava com a manutenção em dia e que o problema está sendo investigado pela empresa.

Com o incidente em Congonhas, os passageiros do aeroporto passaram por filas e por atrasos de mais de cinco horas nesta quarta. Em Guarulhos, o problema desta quinta não causou atrasos nem afetou as demais operações do aeroporto.

* Com informações da Agência Brasil.
Fonte: Último Segundo – iG

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: