Túnel é encontrado em presídio onde ocorreu massacre no Amazonas

Educa

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, a ação foi descoberta durante uma revista preventiva

Na tarde do último do domingo foi encontrado um túnel com cerca de 15 metros de extensão na cela 9, da ala 2, do pavilhão 1 do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). No início deste ano a unidade presenciou o assassinato de 57 presos. Ainda de acordo com o governo, o túnel seria usado para uma fuga programada ainda para esta semana.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), a ação foi descoberta durante uma revista preventiva.

O regime fechado do Compaj abriga detentos condenados do sistema prisional da capital. O local abriga, atualmente, 1.009 presos. No pavilhão 1, onde o túnel foi encontrado, estão dispostos 327 internos dos quais 163 são distribuídos nas celas da ala 2.

A cela foi interditada e o túnel será vedado. Doze internos que estavam no local foram transferidos para uma área de isolamento e passarão por um processo disciplinar.

Diário de Pernambuco

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.