FBI não previu ataque na Flórida por estar focado no ‘Russiagate’, acusa Trump

Para magnata, polícia federal não foi a fundo das investigações sobre Nikolas Cruz por puro desvio de foco; “voltem para o básico e nos orgulhem”, postou

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atacou mais uma vez a agência federal de investigação norte-americana, o FBI . Agora, a crítica do republicano se refere aos ignorados alertas recebidos pela polícia federal, que podiam ter evitado o massacre com 17 mortos em uma escola na Flórida, ocorrido na última quarta-feira (14).

Segundo Donald Trump , a polícia federal norte-americana passou muito tempo preocupada com supostos conluios entre sua campanha e a Rússia e se esqueceu de investigar Nikolas Cruz, autor do tiroteio da semana passada na Marjory Stoneman Douglas High School.

“É muito triste que o FBI tenha perdido todos os sinais enviados pelo atirador da escola na Flórida. Isso não é aceitável. Eles gastaram muito tempo tentando provar o conluio da Rússia com a campanha de Trump – não há conluio. Voltem para o básico e nos orgulhem”, escreveu Trump na sua página do Twitter.

A declaração do republicano ocorre dias depois de o FBI, na última sexta-feira (16), ter admitido que recebera alguns alertas, em janeiro deste ano, de que o adolescente apresentava “desejo de matar e comportamento errático e postava mensagens inquietantes nas redes sociais”.

De acordo com a agência, no entanto, apesar dos sinais, não houveram investigações profundas sobre o jovem de 19 anos, que, mais tarde invadiu a escola com um rifle e disparou contra os alunos.

Veja mais no site Último Segundo – iG

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: