PF deflagra operação para combater comércio ilegal de animais silvestres no AP

Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (10/05) a
Operação Marraquexe*, para investigar o comércio ilegal de animais silvestres,
exóticos e em extinção.

A ação é resultado de um trabalho em conjunto com o Ministério Público Federal
e contou com o apoio do Ibama. Policiais federais cumpriram três mandados de
busca e apreensão na cidade de Macapá, em endereços ligados a um homem de
25 anos suspeito de vender os animais pela internet. As vendas eram realizadas
em grupos compostos por brasileiros e estrangeiros na rede social Facebook.
De acordo com as investigações, o homem colocava a venda répteis de espécies
variadas, constantes na lista da Convenção de Washington sobre o Comércio
Internacional das Espécies da Flora e da Fauna Selvagens em Perigo de Extinção
(CITES). Dentre os animais, foram identificadas duas espécies oriundas da
Venezuela e da Índia.

O homem irá responder, na medida de suas responsabilidades, por crimes contra
a fauna, a administração ambiental e organização criminosa. Se condenado, as
penas podem chegar a 12 anos de prisão, além do pagamento de multa.
* Marraquexe é uma é uma cidade do centro-sudoeste de Marrocos, onde está
localizada a famosa praça Jemma el-Fna, inscrita na lista de Patrimônio Mundial
da Unesco e famosa pela presença dos encantadores de serpentes.
Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.