Evento quer ampliar acesso à educação financeira no País

Começa nesta segunda-feira, 14, e vai até o próximo sábado a quinta edição da Semana Nacional de Educação Financeira (Enef), organizada pelo Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef) – composto por representantes de órgãos como Banco Central, Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). Com diversas palestras e atividades pelo País, o objetivo do evento, com participação do Estado, é aumentar a conscientização sobre a educação financeira – de como preparar um orçamento familiar a como se planejar para a aposentadoria.

De segunda, 14 a sexta-feira, 19, às 16 horas, a equipe do portal de Economia & Negócios do Estadão e especialistas da Planejar – Associação Brasileira de Planejadores Financeiros – farão entrevistas ao vivo no Facebook abordando temas como planejamento financeiro, orçamento, investimentos e previdência. Os leitores terão suas perguntas respondidas pelos planejadores.

“O brasileiro tem muita dificuldade de tomar para si a responsabilidade de suas decisões financeiras”, diz Lavínia Martins, diretora da Planejar. “Ele deixa para poupar o que sobra no fim do mês – e nunca sobra; acumula dívidas em vários instrumentos de crédito sem entender ao certo como funcionam. O resultado é o alto endividamento: 60% da população, sendo um terço inadimplente.”

Ela menciona um estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) que mede a habilidade de estudantes de 15 anos de lidar com questões financeiras. De um total de 15 países, o Brasil ficou na lanterna – mais da metade (53%) dos adolescentes ficaram abaixo do nível de conhecimentos financeiros mínimos avaliados.

Saiba mais no Jornal do Brasil

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.