AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

As vantagens e desvantagens do jejum intermitente

Um dos modelos atualmente na moda, conhecido como 16 por 8, pode trazer benefícios para a saúde de alguns praticantes, segundo especialista.

Já faz alguns anos que as dietas de jejum intermitente se tornaram moda. A mais conhecida é a chamada 5 por 2 (cinco dias de alimentação normal, e dois em semijejum), mas outro modelo está começando a ganhar força: o de 16 por 8 horas.

Essa nova versão propõe um ciclo de alimentação e jejum muito mais rápido: os pacientes devem comer normalmente por um período de oito horas e, depois, realizar o jejum por 16 horas seguidas.

A janela de alimentação mais comum desse modelo ocorre entre 10h e 18h – período do dia em que a pessoa pode comer o que quiser.

Por outro lado, durante as horas de jejum, o paciente não come nada e só pode ingerir água ou alguma bebida não calórica. A vantagem do método, segundo os praticantes, é que boa parte do jejum coincide com os horários em que o praticante está dormindo.

Saiba mais no R7

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: