Curso aborda técnicas de sobrevivência e resgate na selva

A Prefeitura de Macapá realizou no fim de semana um curso básico de sobrevivência e resgate de vítimas na selva. A atividade aconteceu no Parque Zoobotânico e contou com vários profissionais da área de salvamento, abordando o transporte e resgate de vítimas, sobrevivência e localização por azitume.

 

Durante três dias, 44 participantes ficaram acampados sobrevivendo do que tinham disponível na área, realizando atividades de trilha, alimentação, busca e caça, além de testes psicológicos que, de acordo com um dos coordenadores, fez o diferencial. “O maior desafio dos alunos foi sair da zona de conforto, privados de alimentação farta, sujeitos a condições adversas, e o desafio é justamente trabalhar com o exercício físico de resgate, mas em condições de insuficiência de água, de comida, tudo instruído com muita cautela para que eles possam estar preparados para situações como essas”, disse Donato Farias, coordenador do Samu.

 

O curso, que teve duração de 60 horas, foi acompanhado por equipe do Samu e Exército Brasileiro, para a instrução e auxílio nas noções de sobrevivência. “É uma experiência nova que só enriquece o currículo, pois nos possibilita atuar em situações adversas que, de certa forma, são comuns para nós que moramos na região amazônica”, comentou o participante Pablo Santiago.

 

Jamile Moreira

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: