Pesquisa investigou o que estudantes avaliam ao escolher curso superior

Educa

Segundo estudo, fatores que mais influenciam são estar em uma instituição pública, identificação com a área e mercado de trabalho

Escolher a profissão é também uma forma de escolher o seu lugar no mundo. Uma decisão significa deixar de lado uma outra possibilidade. A transição de aluno do ensino médio para a vida universitária inevitavelmente traz mudanças, expectativas quanto ao mercado de trabalho, insegurança quanto ao futuro – “terei sucesso ou fracasso”? Para muitos alunos, fatores externos como barreiras econômicas e sociais acabam por impedi-los de tentar cursar uma faculdade.

Conhecer o perfil dos estudantes com interesse de ingressar em um curso de graduação em relação à idade, nível socioeconômico e preferências de áreas de estudo foi o objetivo das autoras de artigo recém-publicado na Revista de Graduação, a partir de pesquisa foi realizada com estudantes do ensino médio, a maioria do 3º ano e do cursinho pré-vestibular do município de Bauru, estado de São Paulo.

De acordo com o estudo, baseado na aplicação de questionários, os fatores que mais pesam na escolha da profissão são o apreço pela área (a maioria citou “gostar da área de atuação” como o fator que mais influencia); o piso salarial da carreira e a afinidade com disciplinas do ensino médio relacionadas. Já na escolha do curso de graduação, aparecem como mais relevantes o desejo de pertencer a uma instituição pública, o identificar-se com a área; e a situação do mercado de trabalho.

Saiba mais no Jornal da USP

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.