AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Setap atribui depreciação da frota de ônibus à situação precária de ruas e avenidas da cidade

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) atribuiu a rápida depreciação da frota de ônibus que circula na capital à situação das ruas e avenidas da cidade. Durante a fiscalização realizada esta semana nas garagens das empresas, dos 162 ônibus vistoriados pela Companhia de Trânsito de Macapá (CTMac), 142 foram considerados inaptos. Os principais problemas detectados estão relacionados à suspensão, funcionamento dos elevadores para cadeirantes e outros prejuízos decorrentes da péssima condição da malha viária de Macapá.

Nos últimos 10 anos, o Setap vem alertando a CTMac sobre a situação. A CTMac por sua vez tem solicitado providências da Secretaria de Obras do Município mas ainda não houve um investimento efetivo nos corredores de ônibus somente ações paliativas. O sindicato estima que somente na compra de peças de reposição, o prejuízo ultrapasse os R$ 3 milhões de reais. Décio Melo, presidente do Setap, possui todo o acervo fotográfico das vias mais comprometidas e periodicamente encaminha relatórios a CTMac.

Só para se ter uma ideia, a Capital Morena, empresa com a frota mais nova dentre as cinco em operação (3 anos a média de idade dos carros), teve oito dos 13 veículos condenados pela CTmac,

O sindicato considera salutar as fiscalizações, mas também lembra que as empresas fizeram a renovação da frota, vão entregar 30 novos abrigos nos próximos dias, embora e amarguem defasagem no cálculo tarifário. “A frota do Amapá é uma das mais novas do Brasil e a mais nova do Norte mas infelizmente a situação da malha viária causa uma acelerada depreciação nos carros”, lembra Décio Melo.

Como se não bastasse, não foi apresentado nenhum planejamento quanto a retirada dos veículos que fazem o transporte clandestino, o que gera um prejuízo sem precedentes para as empresas de ônibus.

Ascom/Setap

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: