Possíveis casos de varíola bovina são investigados em Rondônia

Educa

A Secretaria Municipal de Saúde de Ouro Preto do Oeste, em Rondônia, investiga possíveis casos de varíola bovina na região. Há, inclusive, a suspeita de que algumas pessoas também tenham contraído a doença.


A pasta informou que tomou conhecimento da situação por meio dos agentes comunitários de saúde, da zona rural que detectaram características de varíola em pessoas durante visitas domiciliares.


Pacientes também foram atendidos no Hospital Municipal com sintomas similares, que são lesões nas mãos e braços.


Nos animais, as lesões são nas tetas das vacas e focinhos dos bezerros. O vírus da varíola bovina é transmitido para as pessoas durante a ordenha.


A Secretaria Municipal de Saúde iniciou nesta semana uma campanha junto com a Idaron, a Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia, de combate a possíveis casos da doença.


Ao sinal de qualquer sintoma, a população deve procurar a Unidade de Sanidade Animal e Vegetal local e uma Unidade Básica de Saúde.


A Pasta ressalta que é importante o diagnóstico precoce e a ampla divulgação sobre a varíola bovina, para impedir a rápida disseminação e evitar perdas econômicas aos produtores.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

INFORME SOCIAL - EVENTO DESTA SEGUNDA-FEIRA 18/11 NA ORLA DO PERPÉTUO SOCORRO