AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Uma mulher que desafiou a sociedade para exibir sua música

Olá, eu sou a Isabela Azevedo e está começando o Na Trilha da História!

Hoje nós vamos conversar sobre grandes artistas brasileiras!

Nosso entrevistado é o pesquisador Paulo Rezzutti, autor do livro “Mulheres do Brasil – A História não Contada”, lançado pela Editora Leya”.

Eu começo nosso papo com uma pergunta. O que era preciso para ser artista no final do século 19 e início do século 20?

Entre as brasileiras que desafiaram o preconceito e os padrões de comportamento da época passada para exibir sua arte, está Chiquinha Gonzaga. 

Chiquinha compôs ao piano centenas de músicas – entre valsas, maxixes, modinhas, choros e polcas. Lutou para publicar as composições em partitura e tocar em público.

Não satisfeita, Chiquinha ainda comprou outras brigas. 

Esta foi a versão reduzida do Na Trilha da História. No episódio completo, de 55 minutos, o pesquisador Paulo Rezzuti ainda fala de várias outras artistas brasileiras, como as modernistas Tarsila do Amaral e Anita Malfatti, além da dama do teatro Bibi Ferreira. Para ouvir, acesse: radios.ebc.com.br/natrilhadahistoria. E se você quiser enviar uma mensagem pra gente, nosso e-mail é [email protected] Até semana que vem, pessoal.

Na Trilha da História: Apresenta temas da história do Brasil e do mundo de forma descontraída, privilegiando a participação de pesquisadores e testemunhas de importantes acontecimentos. Os episódios são marcados por curiosidades raramente ensinadas em sala de aula. É publicado semanalmente. Acesse aqui as edições anteriores.

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: