Tocantins vai promover fiscalização integrada no período da piracema

No Tocantins, uma fiscalização ambiental integrada vai funcionar durante o período da piracema.

A ação vai ser realizada pelo Naturatins, o Instituto Natureza o Tocantins, em parceria com outros órgãos municipais, estaduais e federais.

A piracema é quando os cardumes nadam rio acima, contra a correnteza, para realizar a desova no período de reprodução. É um processo importante para garantir a preservação das espécies nos rios.

Uma portaria estabelece o período de defeso da piracema de 1º de novembro a 29 de fevereiro no Tocantins. Fica permitida no estado apenas a pesca esportiva e amadora, na modalidade pesque e solte e a pesca de subsistência, para os ribeirinhos.

O presidente da Naturatins, Sebastião Albuquerque, explica como será a fiscalização no período.

De acordo com Sebastião Albuquerque, a fiscalização integrada vai continuar mesmo após o fim da piracema, pois, continua vigente, até 2021, a cota zero para transporte de pescados obtidos na modalidade amadora e esportiva.

Segundo o Naturatins, a fiscalização integrada vai traçar ações estratégicas e realizar vistorias diárias nas rodovias, rios e lagos do estado, com apoio de tecnologias de processos ambientais digitais.

EBC

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: