Bioparque da Amazônia doa mudas de ipê amarelo no fim de semana

Educa

A população aproveitou mais um fim de semana no Bioparque da Amazônia. Com uma série de atividades, que envolveu doação de mudas de ipê amarelo, trilhas e Feira de Mulheres que Fazem, cerca de 7 mil pessoas passaram pelo parque durante o fim de semana.

Fernando Cunha, funcionário público, tirou o sábado para visitar o Bioparque e, na saída, levou uma muda de ipê amarelo para casa. “Macapá precisava de um lugar como esse. Está tudo muito bonito. Levarei meu ipê, plantarei em casa e cuidarei deste carinho que recebemos aqui”, comentou.

As mudas foram doadas pelos diretores da empresa Amapá Florestal e Celulose (Amcel). Foram duas mil mudas de ipê amarelo, distribuídas com o objetivo de reflorestar e compor ambientes. Segundo o diretor do Bioparque da Amazônia, Richard Madureira, as mudas têm um tamanho apropriado para plantio em casa. “Não são tão grandes, são apropriadas para o ambiente e podem ajudar a compor uma cidade mais linda e com mais sombras”, pontuou.

Outra novidade que encantou os visitantes, principalmente turistas, foi a Feira Mulheres que Fazem, realizada de forma colaborativa por mulheres empreendedoras. Idealizada pela Prefeitura de Macapá há mais de dois anos, a feira esteve na maloca multiuso do parque e levou aos passeantes produtos artesanais que traziam elementos do Marabaixo, Batuque e cultura indígena de etnias das fronteiras do Amapá.

Arawaje Waiana Apalai, indígena da aldeia Bona, da região do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, veio para a capital estudar. Em busca agora do mestrado, aproveita a estadia na cidade para comercializar artesanato indígena. Segundo Arawaje, o Bioparque é uma grande vitrine para sua arte. “Estou me sentindo em uma aldeia, tem muita natureza e bichos. É a minha primeira vez no parque, estou achando muito bom para expor nosso artesanato no fim de semana, sai muito mais”, ressaltou.

O parque funciona de terça a domingo, das 9h às 17h. Às terças-feiras a entrada é gratuita.

Jhenni Quaresma

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.