Prefeitura retirou 100 toneladas de lixo após a passagem da Banda em Macapá

Município faz limpeza e lavagem da pista após passagem do bloco “A Banda”

Aproximadamente 150 mil pessoas estiveram presentes na edição deste ano do bloco “A Banda”, que percorreu ruas da capital na tarde desta terça-feira de carnaval, 25. O trabalho de limpeza realizado pela prefeitura da capital iniciou por volta das 15h, após a saída dos foliões em frente à sede do bloco, na Avenida Ernestino Borges (Centro) e encerrou à 1h desta quarta-feira de cinzas, 26, no mesmo local de saída.

Foram retiradas cerca de 100 toneladas de lixo das vias e calçadas do percurso, que também receberam lavagem com essência de lavanda. Todo o trabalho, durante o trajeto, foi acompanhado de perto pelo prefeito de Macapá, Clécio Luís.

“Acompanhamos de perto o trabalho durante todo o percurso. Foi uma ação bastante positiva, pois foram mais de 10 horas de serviços que envolveram mais de 150 profissionais, entre técnicos, fiscais da Semzur e serviços gerais, para fazer a limpeza, lavagem da pista. Este ano, foram usados 45 mil litros de essência de lavanda para perfumar as vias do percurso”, destacou o secretário municipal de Zeladoria Urbana, Claudiomar Rosa.

“Eu saio na ‘Banda’ há mais de trinta anos e, nos últimos sete anos, percebo que a cidade não amanhece suja como acontecia antes. Fico feliz em ver a cidade limpa e bem organizada depois do carnaval”, relatou o assistente de segurança, Paulo Rogério Vasconcelos.

Até o momento, as equipes de limpeza já recolheram 300 toneladas de resíduos descartáveis, que foram produzidos no carnaval dos blocos, Desfile das Escolas de Samba, carnavais independentes dos bairros. O material reciclado, com valor de mercado, foi destinado à Associação de Catadores de Macapá, que fará a destinação final do produto de maneira reciclada.

Cliver Campos

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: