AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

TSE: mais de 1 milhão de eleitores regularizaram pendências

A partir de agora, nenhuma alteração no cadastro será permitida

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que 1.040.323 eleitores solicitaram a regularização de pendências com a Justiça Eleitoral antes do prazo estabelecido, encerrado na quarta-feira (6). A partir de agora, nenhuma alteração no cadastro eleitoral será permitida antes das eleições de outubro, quando serão eleitos prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

Veja também:

Amapá tem 2.671 casos confirmados, 5.147 em análise laboratorial, 752 pessoas recuperadas e 73 óbitos

MP-AP ajuíza ação para que Justiça determine que GEA transfira pacientes do Hospital de Emergência para Centros Covid-19

Versão em libras do edital do Enem Impresso é disponibilizada pelo Inep

Segundo o TSE, os pedidos de regularização feitos pelo site do tribunal serão analisados até o dia 3 de junho, quando será divulgado o número de eleitores aptos a votar no pleito deste ano. Os pedidos envolvem solicitações de quem deseja mudar o local de votação, domicílio eleitoral, regularizar título cancelado, fazer alterações de dados pessoais e pelos jovens de 16 anos que vão votar pela primeira vez e querem solicitar o documento.

Devido ao fechamento dos cartórios eleitorais por causa da covid-19, o TSE permitiu a regularização eletrônica do documento. As consequências da pandemia também levaram o tribunal a suspender o cancelamento de 4,4 milhões de títulos de eleitores faltosos nas últimas eleições.

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: