Macapá perde o maestro Siney Sabóia para a Covid-19

Assim como a perda do ritmista Fábio Mont’Alverne a Covid-19 aliada ao sistema de saúde em colapso no Amapá, não poupou a vida do querido maestro da banda da guarda municipal Siney Sabóia,

Nas redes sociais amigos, admiradores e alunos como Micheli Sarmento se manifestaram; “Agora só restam as lembranças dos puxões de orelha, das brincadeiras, das dicas de músicas e partituras compartilhadas. Descanse em paz😢🌹 Siney Saboia

Em nota, o prefeito Clécio Luiz lamenta a morte do músico.

Nota de pesar

O dia amanheceu triste pela perda precoce do maestro e regente da Banda de Música da Guarda, o guarda civil municipal Siney Saboia Moura, ocorrido neste sábado, 16, vítima da Covid-19. Infelizmente, os números vão virando nomes conhecidos e a dor mais presente em nossos corações.

Saboia era um extraordinário músico, alegre, generoso, um dos maiores trompetistas da Região Norte, dedicado em levar a arte para qualquer lugar de nossa cidade. Este ano, completaria 20 anos na Guarda Municipal de Macapá, instituição onde exerceu seu trabalho com total comprometimento e dedicação.

Saboia era natural de Portel, no Pará, e nos deixou aos 46 anos. Dividiu seu legado ensinando inúmeras pessoas a fazer música. Ele era um apaixonado por sua missão e brindou, por algumas vezes, com sua arte, os profissionais da saúde que estão na linha de frente na luta contra a pandemia, levando sua música leve e doce.

Seu desejo era também de levar as notas de seu trompete aos moradores dos residenciais. Mas este sonho não pôde ser concretizado. Agora, ele está tocando suas melodias alegres em sua nova morada.

Saboia deixa esposa, filho e uma porção de amigos, que aprenderam com sua generosidade, humildade, educação e alegria a serem pessoas melhores. Peço ao senhor Deus que conforte a família, e que o nosso amigo descanse em paz no repouso digno da glória.

Clécio Luís

Prefeito de Macapá

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: