Ouça "Notícias da Amazônia ao vivo!" no Spreaker.

Fernando França: A cruz de Waldez Góes

Não adianta jorgar a culpa nas costas de Waldez Góez, muitos menos ficar jogando pedra um no outro. Todos sabiam o que representava a sua eleição, ainda assim, o elegeram, num ato de dolo eventual. Aliás, essa é uma das artes da política, a de assumir risco. E culpa inconsciente jamais se pode alegar.

Elegeram Waldez não com o coração porque não o amavam (e amor não existe em política), não com as mãos porque estavam presas ao quadril, não com a boca, visto que falava baixinho pelos cantos da cidade, mas o elegeram com o umbigo, com a mágoa, com a ganância, com o sonho do Poder, com o ciúme, com ódio, tudo junto e misturado num balcão chamado política.

Todos possuem a sua parcela de culpa. Todos carregam essa cruz. Deveriam, ao menos.

*Vale lembrar que na palavra “todos” estão inclusos os que tiveram participação direta ou indireta na ascensão de WG ao Poder. Muitos cidadão se opuseram, em vão, a sua eleição.

Ouça "Notícias da Amazônia ao vivo!" no Spreaker.

O que você pensa sobre este artigo?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: