AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Macapá Verão Online: Estação Criança chega ao Bioparque da Amazônia

Nesta quarta-feira, 2, a Prefeitura de Macapá deu continuidade à programação do Macapá Verão Online com o projeto Estação Criança. Desta vez, o local escolhido foi o Bioparque da Amazônia. Os internautas tiveram a oportunidade de acompanhar apresentações de capoeira, dança, arte circense e teatro. Além de muita literatura por meio da contação de histórias.

A programação iniciou às 15h e teve um bom número de visualizações durante toda a transmissão. Tendo como público-alvo as crianças, apresentações circenses, contação de histórias e espetáculos de dança abordavam temas relacionados aos costumes característicos da Região Amazônica, como a lenda da Curupira. Além de disso, a roda de capoeira trouxe muita adrenalina.

A coordenação do evento manteve todos os protocolos e regras de higiene e segurança com uso de álcool em gel e máscara para evitar o avanço do novo Coronavírus. Eugênia Mesquita, que contou uma história, destacou a importância do evento para as crianças. Ela destacou a necessidade de se incentivar cada vez mais o hábito da leitura.

“Acho que é importante eventos como este que podem incentivar a leitura, principalmente de livros. É o resgate de nossa cultura, e isso valoriza a continuidade de histórias. Eu abordei um tema que está muito relacionado a esse aspecto”, disse.

Estação Criança ainda teve a apresentação circense das Aventuras dos Palhaços Tomtom e Pepeka, o grupo Relatus e o espetáculo Curupira, um ser inesquecível. Na capoeira, o Grupo Quilombo Brasil, que desenvolve um projeto social no bairro Novo Buritizal, destacou a necessidade de ações como esta.

“Esse tipo de evento oportuniza mostrarmos o que desenvolvemos no bairro. Acreditamos que dessa forma contribuímos para a ressocialização de crianças e adolescentes que, certamente, iriam para a mundo da criminalidade”, disse Auricélio Silva. 

Secretaria de Comunicação de Macapá

Jonhwene Silva

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: