Prefeitura lança programa que insere história e cultura afro-macapaense em escolas municipais nesta quarta-feira

O programa será implementado inicialmente em quatro escolas, abordando questões étnico-raciais e valorizando a cultura marabaixeira

A Prefeitura de Macapá entende que a valorização dos povos tradicionais é fundamental para a compreensão da identidade do povo macapaense e da construção de uma cidade cada vez mais inclusiva. Por este motivo, acontece nesta quarta-feira (06) o lançamento do programa ‘Afroamapaensises nas Escolas’, que insere dentro da matriz curricular dos estudantes da rede municipal a cultura e a tradição dos povos tradicionais do Amapá.

O programa é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Mobilização e Participação Popular (SMMPP), a partir da verificação da necessidade da implementação pedagógica de ações que tratem das questões étnico-raciais dentro das salas de aula.

As atividades serão executadas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com o Instituto Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Improir). O foco será a valorização do Marabaixo, manifestação cultural e religiosa muito presente na história dos povos tradicionais afro-amapaenses.

A iniciativa vai ao encontro da Lei Federal 10.639 de 2003, que estabelece o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas do país.

Nesta fase inicial, quatro escolas municipais receberão o programa, sendo elas as Escolas Municipais de Ensino Fundamental Joanna Santos, José Leoves, Aracy Nascimento e Raimunda de Lima Guedes.

Implementação da Lei 10.639 de 2003

No ano de 2003, um importante avanço na luta antirracista no país foi concretizado: a implementação da lei 10.639. A legislação tornou obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, sendo elas públicas ou particulares, desde o ensino fundamental até o ensino médio. Dezoito anos após a promulgação, a implementação da lei ainda apresenta desafios.

Lázaro Gaya

Secretaria Municipal de Educação 

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: