AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Amapá tem 37.318 casos confirmados, 2.761 em análise laboratorial, 25.492 pessoas recuperadas e 588 óbitos

O boletim oficial desta quarta-feira, 5, informa sete óbitos. São todos casos antigos que estavam em investigação. De acordo com o levantamento, foram registrados quatro óbitos nos dias 11, 16 e 17 de junho. Os outros três ocorreram nos dias 7, 15 e 17 de julho. Não houve o registro de óbitos nas últimas 24 horas.

Importante: o boletim a seguir contém tanto os dados acima citados quanto os números que são atualizados diariamente pelas equipes da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e prefeituras.

O Governo do Amapá atualiza nesta quarta-feira, 5, o boletim informativo sobre a situação do novo coronavírus no estado. Agora, são 37.318 casos confirmados e 2.761 em análise laboratorial. Os testes também descartaram 22.729 casos suspeitos.

Novos casos

O boletim de agora traz 319 novos casos confirmados, sendo 56 em Macapá, 55 em Santana, 15 em Laranjal do Jari, 67 em Mazagão, 3 em Oiapoque, 5 em Pedra Branca, 3 em Porto Grande, 50 em Vitória do Jari, 4 em Itaubal, 6 em Tartarugalzinho, 8 em Amapá, 3 em Ferreira Gomes, 5 em Calçoene, 39 em Pracuúba.

Óbitos

A atualização inclui também 7 novos óbitos de pessoas naturais dos municípios de Macapá e Ferreira Gomes. Quatro deles ocorreram nos dias 11, 16 e 17 de junho. Os outros três, nos dias 7, 15 e 17 de julho. Não houve o registro de óbitos nas últimas 24 horas.

Macapá: três vítimas do sexo feminino. Duas delas faleceram no Centro Covid-1 uma, de 57 anos, cardiopata; outra, de 75 anos, com doença renal. A outra vítima é uma mulher de 85 anos, hipertensa, falecida em hospital particular. Entre as vítimas do sexo masculino, um de 61 anos, outro de 68, ambos hipertensos, e um de 79, com doença renal. Os três faleceram no Centro Covid-1.

Ferreira Gomes: óbito de um homem de um homem de 74 anos com obesidade, falecido no Centro Covid-2.

Assim, o Amapá chega a 588 mortes em 15 municípios. (Macapá 389/ Santana 80/ Laranjal do Jari 43/ Mazagão 7/ Oiapoque 19/ Pedra Branca do Amapari 5/ Porto Grande 9/ Serra do Navio 4/ Vitória do Jari 13/ Tartarugalzinho 3/ Amapá 4/ Ferreira Gomes 3 / Cutias do Araguari 2 / Calçoene 5/ Pracuúba 2).

Recuperados

Entre os recuperados, estão 25.492 pessoas. (Macapá 10.867 / Santana 3.084 / Laranjal do Jari 2.709 / Mazagão 509/ Oiapoque 1.016 / Pedra Branca 2.321/ Porto Grande 880/ Serra do Navio 447/ Vitória do Jari 922/ Itaubal 210/ Tartarugalzinho 350/ Amapá 314/ Ferreira Gomes 475/ Cutias do Araguari 416/ Calçoene 679/ Pracuúba 293).

Dos 37.318 casos confirmados:

  • Macapá: 15.696
  • Santana: 5.386
  • Laranjal do Jari: 3.765
  • Mazagão: 1.122
  • Oiapoque: 2.128
  • Pedra Branca: 2.355
  • Porto Grande: 978
  • Serra do Navio: 558
  • Vitória do Jari: 1.562
  • Itaubal: 264
  • Tartarugalzinho: 664
  • Amapá: 409
  • Ferreira Gomes: 516
  • Cutias do Araguari: 513
  • Calçoene: 1.066
  • Pracuúba: 336

Já em relação aos casos suspeitos, os municípios declaram 4.955, sendo:

  • Macapá: 1.715
  • Santana: 886
  • Laranjal do Jari: 0
  • Mazagão: 229
  • Oiapoque: 381
  • Pedra Branca do Amapari: 12
  • Porto Grande: 374
  • Serra do Navio: 40
  • Vitória do Jari: 117
  • Itaubal: 8
  • Tartarugalzinho: 681
  • Amapá: 62
  • Ferreira Gomes: 0
  • Cutias do Araguari: 335
  • Calçoene: 76
  • Pracuúba: 39

Internações

O número de pessoas com Covid-19 em isolamento hospitalar nas redes pública e privada é de 115 pacientes, sendo 81 confirmados e 34 suspeitos.

Entre os casos confirmados, 70 estão no sistema público (18 em leito de UTI /52 em leito clínico) e 11 estão na rede particular (11 em leito de UTI /0 em leito clínico).

Já entre os casos suspeitos, 10 estão no sistema público (0 em leito de UTI /10 em leito clínico), e 24 estão na rede particular (1 em leito de UTI /23 em leito clínico).

Em isolamento familiar: 11.152

Todos estes dados são do Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL/AP) e do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS), que auxiliam o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) – dispositivo criado pelo Governo do Amapá para gerenciar a crise de COVID-19 no estado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: