Fiocruz libera mais 780 mil doses de vacinas contra covid-19 ao PNI

Entrega das doses é a última do ano

O Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz (Bio-Manguinhos/Fiocruz) entregou nessa quarta-feira (29) mais 780 mil doses da vacina AstraZeneca contra covid-19 ao Ministério da Saúde.

Com a entrega, que foi a última do ano, a Fiocruz chegou a 153,2 milhões de doses disponibilizadas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) em 2021.

Em janeiro e fevereiro deste ano, Bio-Manguinhos foi responsável por receber e liberar 4 milhões de doses que chegaram prontas do Instituto Serum, da Índia, para os primeiros grupos prioritários da campanha de vacinação contra a doença.

Em março, a fundação começou a entregar as doses previstas no acordo de encomenda tecnológica com a farmacêutica AstraZeneca. A partir desse contrato, chegaram a Bio-Manguinhos lotes de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) produzidos na China, para que o instituto fabricasse a vacina no Brasil.

A Fiocruz assinou ainda um acordo de transferência de tecnologia para nacionalizar a produção do IFA e se tornar autossuficiente na fabricação da vacina. Os primeiros lotes da vacina com IFA nacional já foram produzidos, e a fundação já pediu à Agência Nacional de Vigilância Sanitária para que Bio-Manguinhos conste como local de produção do IFA no registro da vacina.

EBC

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: