MP Eleitoral e PF cumprem mandados de busca e apreensão no combate à compra de votos 

Na manhã deste sábado (1), o Ministério Público Eleitoral (MPE) e a Polícia Federal (PF), cumpriram três mandados de busca e apreensão nos bairros Marabaixo, Alvorada e Trem, em uma investigação que apura distribuição de cestas básicas para compra de votos em favor de uma candidata ao cargo de deputada estadual.

A investigação iniciou após denúncia recebida pelo MP Eleitoral, na última quinta-feira (29), sobre os supostos produtos que seriam distribuídos até o dia das Eleições 2022, que ocorrem em 2 de outubro.

Após diligências na sexta-feira (30), o MPE identificou que os investigados transportavam alimentos de uma residência no bairro Alvorada para o bairro Marabaixo. Durante o trajeto, os indivíduos foram abordados e levados à PF, com apreensão de 40 cestas básicas.

Durante as buscas de hoje (1º), foram encontradas mais 31 cestas na residência de um dos procurados que armazenava o material. O local funcionava como ponto de distribuição.

A pena para o crime de compra de voto pode chegar a quatro anos de reclusão, além do pagamento de multa. Comprovado o envolvimento da candidata, se for eleita, ela perderá o mandato.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: