AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

75% das rodovias da Região Norte são consideradas regulares, ruins ou péssimas

Oiapoque BR 156
Oiapoque BR 156

A Confederação Nacional dos Transportes (CNT) lançou, nessa quarta-feira (4), a pesquisa CNT de Rodovias 2015. Foram examinados 100 mil km de estradas pavimentadas em todo o país e uma das conclusões é de que 57,3% delas têm alguma deficiência.

Ouça também:

Brasil registrou aumento de 50,3% em acidentes em rodovias federais

Na Região Norte, foram avaliados 11.661 km de rodovias federais e estaduais e, de acordo com os dados, 8.153 km foram considerados regulares, ruins ou péssimos. Ainda segundo a pesquisa, os maiores problemas da região são as condições do asfalto e a falta de sinalização.

O Norte do país também foi a região que apresentou a maior carência de infraestrutura rodoviária e a menor malha viária do país. De acordo com a CNT, essa carência é preocupante, porque o Norte possui importantes rotas de escoamento da safra de grãos que, se fossem viabilizadas de forma adequada, ajudariam a reduzir os custos logísticos de transporte e aumentaria a competitividade dos produtos nacionais.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: