AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Ministério Público prepara ação civil pública contra mineradora

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Uma força-tarefa vai ser criada pelo Ministério Público Federal para entrar com ação civil pública contra a mineradora Samarco, responsável pelas duas barragens que se romperam na semana passada em Bento Rodrigues, distrito de Mariana, em Minas Gerais.

Segundo a subprocuradora-Geral da República, Sandra Cureau, o grupo de procuradores da República deve entrar com a ação, mas ainda não há prazo para isso. Ela defende que a ação deve ser ajuizada com urgência.

A subprocuradora da República afirma que a empresa responsável pelas barragens foi negligente, o que aumentou os danos do acidente.

O secretário-adjunto de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, Telton Corrêa, diz que a legislação deve ser discutida, para evitar futuros casos como o de Bento Rodrigues.

As declarações foram dadas durante o Seminário Mineração e Meio Ambiente, que ocorre nestas quinta e sexta-feira, na sede da Procuradoria Geral da República, em Brasília. Segundo os organizadores, o debate já havia sido agendado antes mesmo de o acidente acontecer.

Agência Brasil

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: