AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

United empata com Chelsea e chega a 8 jogos sem vencer

Clássico movimentado termina sem gols no Old Trafford e holandês balança ainda mais

Rooney (à esquerda), do Manchester United, disputa lance com Azpilicueta, do Chelsea. Foto: Getty Images
Rooney (à esquerda), do Manchester United, disputa lance com Azpilicueta, do Chelsea. Foto: Getty Images

José Mourinho curtindo férias em Porto de Galinhas, o seu ex-time e o seu possível futuro clube jogaram nesta segunda-feira em Old Trafford. E com dois holandeses precisando das respostas nos bancos de reservas, Manchester United e Chelsea ficaram no empate em 0 a 0 pela 19ª rodada do Campeonato Inglês , no fim do primeiro turno do torneio.

Nas arquibancadas, uma mistura de apoio ao treinador dos Red Devils, mas também pedidos pelo português, que não está nem aí para o jogo. De qualquer forma, a vida ficou mais difícil para Louis van Gaal, afinal, já são oito jogos sem vencer.

Com este resultado, o Manchester United permanece na sexta colocação do Campeonato Inglês com 30 pontos. Mas já são cinco a menos que Tottenham e Manchester City, que fecham o G4 da Premier League. O Chelsea é o 14º com 20 pontos, e está a três da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, já em 2016, os Red Devils recebem o Swansea, enquanto os Blues visitam o Crystal Palace.

O técnico Guus Hiddink teve dificuldades para escalar o time. Fàbregas estava lesionado, e não havia opção de centroavante. Diego Costa estava suspenso, enquanto Remy e Falcao García, lesionados. A solução foi colocar Mikel ao lado de Matic abrindo o meio-campo, com Hazard e Pedro no comando do ataque, além de Oscar e William no apoio.

Louis van Gaal também promoveu mudanças. A principal foi a volta de Rooney no ataque, além do retorno de Schweinsteiger, após sua suspensão de três partidas. E assim como o Shrek tinha adiantado, o time estava mesmo jogando para salvar o emprego do treinador. Pelo menos foi essa a impressão desde o início, dada a vontade dos jogadores. Mas a partida foi equilibrada.

Logo no início uma grande chance para cada time. Mata acertou um foguete na trave, e Terry, de cabeça, obrigou De Gea a fazer linda defesa. O jogo continuou, com o Manchester um pouco melhor, e continuou criando oportunidades. Martial colocou m

ais uma no poste ainda aos 16.

Mas aos poucos o Chelsea se encontrou em campo, e os dois times passaram a se alternar com os bons momentos. Mas as oportunidades claras ficaram mais raras e o primeiro tempo ficou mesmo no 0 a 0.

Logo no início do segundo tempo, as chances claras voltaram. O Chelsea fez grande jogada, Pedro chutou da entrada da área, De Gea defendeu, Azpilicueta pegou o rebote, e o goleiro brilhou novamente. O Manchester respondeu um pouco mais tarde, e foi a vez de Courtois aparecer em cabeçada de Rooney.

Mas a melhor chance do jogo foi do Chelsea. Pedro puxou contra-ataque, Matic ficou na cara de De Gea, e isolou. Chutou muito longe. Dá até para colocar a culpa na máscara, que não enxergou bem… Para não ficar feio. Apesar de surgirem poucas chances, o tempo ia passando e a partida já começava a ficar mesmo com cara de 0 a 0.

Na reta final, Hiddink tirou Willian para colocar Ramires, enquanto Van Gaal lançou Memphis na vaga de Mata. Ficou bem evidente que o United ficaria no ataque, enquanto o Chelsea buscaria um contra-ataque. Mas nenhuma estratégia funcionou e ficou por isso mesmo.

CONFIRA A 19ª RODADA DO CAMPEONATO INGLÊS
Segunda-feira
Crystal Palace 0x0 Swansea
Everton 3×4 Stoke
Norwich 2×0 Aston Villa
Watford 1×2 Tottenham
West Bromwich 1×0 Newcastle
Arsenal 2×0 Bournemouth
Manchester United 0x0 Chelsea
West Ham 2×1 Southampton

Terça-feira
Leicester x Manchester City

Quarta-feira
Sunderland x Liverpool

Lance/Terra

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: