Asteroide que dizimou dinossauros atingiu o pior lugar possível

Se tivesse caído em outro local, os animais pré-históricos poderiam ter tido outro destino

Segundo estudos recentes divulgados pela BBC, o asteroide que dizimou os dinossauros, há 66 milhões de anos, não poderia ter caído em um lugar pior. O objeto de 15km atingiu uma parte relativamente rasa do mar, fez um buraco de 100km de extensão e 30km de profundidade na crosta terrestre, chocou-se com rochas e liberou quantidades astronômicas de enxofre da atmosfera.

“É aí que está a grande ironia da história, porque no final das contas não foi o tamanho do asteroide, a escala da explosão ou seu impacto global que levou à extinção dos dinossauros; foi onde o impacto ocorreu”, disse o biólogo Ben Garrod, que apresenta o programa The Day The Dinosaurs Died.

Ainda de acordo com o especialista, se o asteroide tivesse caído momentos antes ou depois poderia ter atingido uma parte mais profunda do oceano, o que acarretaria em menos rochas vaporizadas e menos gesso mortal na atmosfera: “O que aconteceu poderia ter sido evitado”, afirmou a BBC.

Galileu  

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: