Educa

Segóvia diz que deverá realocar delegados e investigadores na Polícia Federal

O novo diretor-geral da Polícia Federal (PF), Fernando Segóvia, disse nesta sexta-feira (17) que deverá realocar delegados e investigadores para operações mais importantes para o país, em detrimento de outras que, segundo ele, podem esperar mais tempo. O assunto foi um dos temas tratados nesta manhã com a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia.

“No Supremo Tribunal Federal há uma necessidade no reforço de delegados e investigadores para concluir o mais rápido possível as investigações que se encontram na Corte”, justificou. Segóvia não quis falar em nenhuma operação específica, mas disse que o objetivo é concluir no menor prazo possível essas investigações.

Posse

Fernando Segóvia também aproveitou o encontro para convidar pessoalmente a ministra Cármem Lúcia para sua posse, que ocorrerá na próxima segunda feira, às 10h30 da manhã, no Polícia Federal. O novo diretor assume no lugar de Leandro Daiello, estava no cargo desde 2011, nomeado na gestão do então ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: