Remédio inédito para esclerose múltipla é aprovado pela Anvisa

Droga inibe as inflamações e reduz as chances de surto, retardando a evolução da doença

Os pacientes com esclerose múltipla têm uma boa notícia para comemorar. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso do Ocrevus (ocrelizumabe), droga inédita no País, para o tratamento da doença.

A substância ativa ocrelizumabe é um anticorpo que se liga a linfócitos B específicos, que são um tipo de células brancas do sangue e que desempenham um papel na esclerose múltipla. O ocrelizumabe identifica e elimina células linfócitos B específicos. Isso reduz a inflamação e também reduz a probabilidade de surtos e atrasa a progressão da doença.

Via Cenário MT

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: